spot_img
terça-feira , 27 fevereiro 2024
WhatsApp: (84) 99902-9014
Página Inicial Destaques Chapadão de Pipa: empresa responsável por obra de condomínio é alvo de mais de 800 denúncias em seis meses
Destaques

Chapadão de Pipa: empresa responsável por obra de condomínio é alvo de mais de 800 denúncias em seis meses

A empresa Gav Resorts, responsável por empreendimento que cercou o Chapadão de Pipa no último final de semana, gerando protesto da população; coleciona, 810 manifestações nos últimos seis meses, no site Reclame Aqui (até as 18h desta segunda-feira, 17). Os clientes compartilham desde importunação a turistas em Tibau do Sul a venda enganosa em diversos outros municípios.

A nota geral da empresa na plataforma para o período é de 6.9, considerada regular.

Um relato enviado ao site no domingo (16) trata do que muitos cidadãos comentam pelas redes sociais: vendedores da empresa costumam ser insistentes e inconvenientes com quem passeia pela orla.

Um turista paraibano se refere ao funcionário da GAV como “totalmente sem noção e educação”. O primeiro contato foi “para uma pesquisa” e terminou em assédio e homofobia.

“O mesmo cidadão começa a basicamente assediar o meu amigo do lado, que é um cara bem sorridente, o questionando se ele era algum palhaço, do que estaria rindo e do porquê ser assim sorridente; tudo isso de maneira abrupta e sem noção, deixando meu amigo desconfortável.”, conta.

“Ele pergunta se meu amigo é gay, de maneira já afirmativa, dizendo que não tem problema para ele porque ‘tem até amigos que são’. Disse também que já foi garoto de programa e costumava muito se envolver com gay também e que já fez isso e aquilo na antiga profissão dele. Toda essa situação extremamente vexatória e invasiva aconteceu num intervalo de 5 minutos ou menos, constrangendo e assustando totalmente o meu amigo e a nós de maneira totalmente gratuita. A situação só se encerrou quando um dos meus outros 2 amigos criou coragem e cortou o papo furado do cara o dispensando dizendo que não tínhamos interesse no que quer que seja que ele tivesse vendendo.”, continua o relato, que não obteve resposta até a publicação dessa matéria.

O turista diz ainda que todos do grupo de amigos ficaram perplexos até que ele pesquisou sobre a empresa na internet e viu que “situações como essa não são casos isolados, pelo menos de acordo com alguns moradores da Pipa”.

Muitas reclamações têm relação com dificuldade em cancelar contratos. O problema se repete em vários resorts pelo Brasil.

“Fiz diversos contatos com vocês pedindo negociação ou o cancelamento e estorno da entrada ou de todo o valor. Vocês disseram que não tinha como cancelar e nem me deram a opção de negociação, só pagando todos os boletos”, relata o carioca Daniel Silva em 13 de julho, dizendo ainda que se informou sobre seus direitos e sabe que pode cancelar e ser ressarcido não apenas pelo período após arrependimento.

“A menina disse que não poderia fazer, pois já está cancelado por inadimplência. Só que antes de eu ficar inadimplente pedi o cancelamento e me foi negado, então eu quero o estorno dos valores”, continua, afirmando que tem gravações e recorrerá à Justiça. Não houve resposta.

Uma cliente de Aracaju-SE escreveu nesta segunda-feira que solicitou cancelamento de contrato há 14 dias, após 24 horas da assinatura do documento, e até hoje não teve resposta e reembolso do valor pago, R$ 1.995.

“Assinei um contrato no dia 03/07, após ser abordada em um Shopping Center da cidade, e ser convencida a assistir a uma apresentação nas dependências do próprio Shopping, ocasião em que fui induzida ao contrato. Destaco que não tive acesso ao contrato antes da assinatura. Após chegar em casa, ler com calma e atenção o contrato, desisti da aquisição e solicitei o cancelamento”, relata.

Empreendimento em Pipa

A GAV Resorts, que tem como embaixador o cantor Gusttavo Lima, lançou o Pipa Island Resort, em Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte. “O Pipa Island está localizado no Chapadão, que é um mirante situado em uma enorme falésia de tom avermelhado, de onde é possível apreciar a vista da Praia do Amor, Lajinha e Praia das Minas. Um dos cartões postais da região. Viva todo o paraíso de Pipa.”, diz apresentação do empreendimento.

O projeto utiliza mais de 21 mil metros quadrados de área verde para construir um condomínio residencial, com 11 blocos e 246 apartamentos entre a falésia e a Av. Baía dos Golfinhos. São 228 unidades de um quarto; 16 unidades de dois quartos; e dois duplex, todos os apartamentos com vista para o mar.

A obra foi liberada pela Prefeitura de Tibau de sul e pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

Fonte: Agência Saiba Mais

Artigos Relacionaos

CPM 22 faz show em Natal neste domingo (28)

Após 9 anos de espera – a última vez em Natal foi...

Potiguar é destaque na Revista Forbes

A neurocientista potiguar Maria Eduarda Franklin é um dos destaques da revista...

Artista do RN ilustra 1ª loja exclusiva de produtos Marvel no Brasil

O artista plástico do RN Eduardo Cattaneo, que também é advogado, levou...

Potiguar de 22 anos tem lesão na retina após olhar para o eclipse solar sem proteção

Mesmo após uma série de recomendações de especialistas sobre os cuidados necessários...