spot_img
terça-feira , 27 fevereiro 2024
WhatsApp: (84) 99902-9014
Página Inicial Destaques Potiguar Thalita Simplício conquista ouro no Mundial de Atletismo Paralímpico
Destaques

Potiguar Thalita Simplício conquista ouro no Mundial de Atletismo Paralímpico

A potiguar Thalita Simplício foi a primeira mulher do Brasil a conquistar a medalha de ouro no Mundial de atletismo paralímpico, que acontece em Paris, na França, até o dia 17 de julho. Ela venceu nessa terça-feira, 11, os 400m da classe T11 (para atletas cegas), prova em que era a atual campeã mundial.

Thalita Simplício fez uma prova consistente, largando bem e, quando chegou ao final da reta oposta da pista, já figurava na disputa pela primeira posição. Nos últimos 200m, assumiu de vez a liderança e finalizou a distância em 56s60. Foi seu melhor tempo pessoal da prova.

“É uma alegria, uma satisfação. Estou muito feliz. Gostei muito da corrida. Aconteceram alguns erros, mas conseguimos contorná-los no decorrer da prova e finalizar bem. Agora vamos partir para os 100m e os 200m para buscar mais medalhas”, afirmou a atleta que nasceu com glaucoma.

Essa foi a quarta medalha de Thalita em Mundiais de atletismo. Ela foi ouro nos 400m e prata nos 200m em Dubai 2019, além de bronze nos 400m em Doha 2015. Em Paris, além dos 400m, Thalita vai competir nas provas dos 100m, às 6h44 (de Brasília) desta quarta-feira, 12, e dos 200m, no próximo domingo, 16.

O país ainda havia conseguido mais um pódio com o paulista André Rocha, bronze no lançamento de disco pela classe F52 (que competem em cadeiras). No entanto, o polonês Piotr Kosewicz protestou com o argumento de que André levantou na hora do lançamento. O protesto foi aceito e o brasileiro ficou sem a medalha.

Com a conquista desta terça-feira, o Brasil subiu duas posições em relação ao dia anterior e figura agora na oitava colocação do quadro geral de medalhas, sendo dois ouros, duas pratas e cinco bronzes. A China lidera, com sete ouros, seis pratas e três bronzes, seguida pela Suíça, com quatro ouros e uma prata.

O Brasil é representado por 54 atletas de 19 Estados e 11 atletas-guia na competição. O Mundial de atletismo de Paris é o primeiro após os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 e tem sido realizado no Estádio Charlety. O local tem capacidade para 20 mil pessoas e pertence ao clube de futebol Paris FC, da segunda divisão francesa.

Artigos Relacionaos

CPM 22 faz show em Natal neste domingo (28)

Após 9 anos de espera – a última vez em Natal foi...

Potiguar é destaque na Revista Forbes

A neurocientista potiguar Maria Eduarda Franklin é um dos destaques da revista...

Artista do RN ilustra 1ª loja exclusiva de produtos Marvel no Brasil

O artista plástico do RN Eduardo Cattaneo, que também é advogado, levou...

Potiguar de 22 anos tem lesão na retina após olhar para o eclipse solar sem proteção

Mesmo após uma série de recomendações de especialistas sobre os cuidados necessários...