iFood começa a cobrar taxa de serviço para pedidos de até R$ 20

iFood começa a cobrar taxa de serviço para pedidos de até R$ 20
Compartilhe

Usuários do iFood podem ter se surpreendido nos últimos dias com uma taxa de serviço extra que passou a ser cobrada em alguns pedidos. O aplicativo de delivery agora cobra o pagamento de R$ 0,99 para qualquer compra com valor total abaixo de R$ 20.

Nos testes feitos pelo Olhar Digital, a taxa de serviço entrou em todos os pedidos do iFood abaixo do valor indicado. Além disso, relatos nas redes sociais também confirmam a cobrança extra. No entanto, a empresa ainda não se pronunciou oficialmente sobre o tema, então não é possível saber se a nova regra vale para todas as regiões do Brasil onde o app atua.

Taxa de serviço no iFood

Os termos e condições de uso do app não dizem nada a respeito do valor, mas a última vez que foram atualizados faz alguns anos. No entanto, os termos para os entregadores, atualizados em março do ano passado, mencionam a possível cobrança.

“O iFood poderá, a seu exclusivo critério, cobrar dos Clientes Finais um valor de taxa de intermediação (que poderá ser denominada de “taxa de entrega”, “taxa de serviço” ou outra) nos casos em que atua como contratante intermediário dos Estabelecimentos Parceiros que contratarem os planos “full service” ou “híbrido” (ou outros planos que venham a substituí-los ou alterá-los)”

Apesar de ser novidade no iFood, a taxa de serviço está presente em apps concorrentes e em valores ainda maiores. No Uber Eats, a taxa cobrada é de 5% do valor total, sendo de no mínimo de R$ 1,00 e o máximo de R$ 5,00. No caso da Rappi, o valor pode entrar dependendo do item pedido pelo cliente e pela loja. A reportagem será atualizada assim que o iFood se posicionar.

Fonte: Olhar Digital

CATEGORIAS