Conheça os 5 celulares mais caros do Brasil

Conheça os 5 celulares mais caros do Brasil
Compartilhe

Nunca foi segredo o caráter premium do iPhone, com preços acima da concorrência. Apesar disso, os impressionantes R$ 15.499 pedidos pelo recém-anunciado iPhone 13 Pro Max de 1 TB deu o que falar nas redes sociais. Para a maioria de nós, é muito dinheiro por um celular. O aparelho da maçã não está sozinho: há smartphones da Samsung e da Xiaomi que certamente não cabem no bolso do brasileiro médio, como você vê nas linhas a seguir.

A seleção considera as versões mais potentes dos aparelhos. Quanto mais armazenamento, maior é o custo para levar um destes brinquedinhos para casa.

1. iPhone 13 Pro Max (R$ 15.499)

iPhone 13 Pro Max conta com a tecnologia ProRes, que permite compressão de vídeo sem perda de qualidade. — Foto: Reprodução/Apple

iPhone 13 Pro Max conta com a tecnologia ProRes, que permite compressão de vídeo sem perda de qualidade. — Foto: Reprodução/Apple

No primeiro lugar da lista aparece o recém-lançado celular premium da Apple, que sai a R$ 15.499 na versão de 1 TB, um novo recorde de armazenamento. Indicado a profissionais, o iPhone 13 Pro Max conta com tela de 6,7 polegadas com painel OLED e 120 Hz, recurso que se tornou entre os aparelhos voltados para gamers, já que possibilita maior fluidez nos elementos gráficos do sistema iOS e em jogos.

Outra novidade em relação à geração anterior é a tecnologia ProRes, que permite compressão de vídeo sem perda de qualidade e suporta conteúdo em 5K. O aparelho ganha fotos macro, que capturam os mínimos detalhes de objetos com grande nitidez.

A Apple disponibiliza outras três versões com menos armazenamento a valores inferiores: 512 GB por R$ 13.499, 256 GB por R$ 11.499 e 128 GB por R$ 10.499. Outra possibilidade é o iPhone 13 Pro, com características semelhantes às do Pro Max, mas com tela de 6,1 polegadas.

De acordo com a Apple, a bateria do iPhone 13 Pro Max dura 2,5 horas a mais do que a presente no iPhone 12 Pro Max. O celular é vendido em quatro cores: azul-sierra, prateado, dourado e grafite.

2. Samsung Galaxy Z Fold 3 (R$ 13.799)

A vice-liderança é ocupada pelo celular dobrável da Samsung com tela que se abre em formato de tablet. Equipado com o potente processador Snapdragon 888, o Galaxy Z Fold 3 traz resistência contra água e câmera escondida sob a tela pelo valor de R$ 13.799 pela versão de 512 GB.

O aparelho dobrável conta com uma tela de 6,2 polegadas quando está fechado, que se transforma em um display de 7,6 polegadas quando é aberta. Assim como no iPhone 13 Pro Max, a tecnologia é de 120 Hz, que garante transições e efeitos de tela mais suaves e naturais, elevando a experiência de uso especialmente em games e vídeos.

A certificação IPX8 atesta que o telefone pode ficar a 1,5 metro de profundidade por até 30 minutos. Ele também tem proteção Gorilla Glass Victus em partes do aparelho, com promessa de melhor sobrevida diante de impactos, além de maior resistência contra riscos. Além da versão de 512 GB, há também a opção de 256 GB por R$ 12.799. As cores disponíveis são prata, verde escuro e preto.

3. Xiaomi Mi 11 (R$ 8.999)

O potente smartphone da Xiaomi é equipado com processador Snapdragon 888, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Ofertado em versão única, o celular foi lançado por R$ 9.999, mas já pode ser encontrado por R$ 8.999 no site oficial da fabricante.

O Xiaomi Mi 11 chama atenção pela disposição dos sensores fotográficos, colocados em uma única peça de vidro com três níveis de altura. A câmera principal faz imagens com até 108 MP e tem abertura de f/1.85. A câmera ultra wide é de 13 MP (f/2.4). Para fotos próximas ao objeto, há ainda a lente macro com 5 MP (f/2.4).

Xiaomi Mi 11 traz câmeras de até 108 MP. — Foto: Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi 11 traz câmeras de até 108 MP. — Foto: Divulgação/Xiaomi

Os vídeos são gravados em 8K com 30 quadros por segundo (fps) ou em 4K ou Full HD, com 60 fps. Quanto às selfies, são até 20 MP (f/2.2) de resolução com modo noturno e vídeos em Full HD com HDR. O sensor da frente é capaz de capturar cenas em slow motion (câmera lenta).

A tela do Xiaomi Mi 11 é outro ponto alto, com 6,81 polegadas, 120 Hz de atualização – o que deve variar de acordo com o tipo de uso –, e promessa de alta sensibilidade para reconhecer o toque, recurso ideal para usuários gamer.

Vale lembrar que fora do Brasil já são oferecidas versões mais potentes do Mi 11: a Mi 11 Ultra e a Mi 11 Pro. Esta última, inclusive, foi apelidada de “Rei do Android”’. Na última semana, a Xiaomi lançou na China a atualização do celular, chamada de 11T Pro, que deixou de lado a tradicional sigla Mi.

4. Samsung Galaxy S21 Ultra (R$ 7.999)

O Galaxy S21 Ultra de 512 GB foi lançado no início deste ano por R$ 10.499 para ocupar a posição de celular top de linha da marca. No entanto, com a chegada do Galaxy Z Fold 3 ele parece ter sido reposicionado e hoje é oferecido no site oficial da Samsung apenas na versão de 256 GB, por R$ 7.999.

Detalhe da câmera tripla do Galaxy S21 Ultra — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Detalhe da câmera tripla do Galaxy S21 Ultra — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Apesar de não estar entre os lançamentos mais recentes, o S21 Ultra é um celular de múltiplas qualidades. Um dos diferenciais é o display AMOLED Dinâmico de 6,8 polegadas, que foi eleito no início desde ano como o melhor do mundo. No celular da Samsung também estão presentes recursos como o chip UWB, responsável por fazer conexões para transmitir dados de forma rápida, e a tela de 120 Hz adaptada para não consumir tanta bateria.

Além disso, uma das características do aparelho lançado no início de 2021 é o suporte à S Pen, caneta digital que era marca exclusiva da linha Galaxy Note, que não recebeu atualizações este ano. O Galaxy S21 Ultra trabalha com o processador de oito núcleos da Samsung, o Exynos 2100.

Com sensor de 108 MP na lente principal, o arranjo segue composto por uma ultra wide de 12 MP e duas câmeras teleobjetivas, ambas com 10 MP. O smartphone é compatível com zoom ótico de 10x e zoom híbrido de 100x. A câmera frontal traz 40 MP. O aparelho é ofertado em duas opções de cor: preto e prata.

5. Samsung Galaxy Z Flip 3 (R$ 7.499)

O Galaxy Z Flip 3 é uma das principais apostas da Samsung no campo dos celulares dobráveis. Por R$ 7.499, o smartphone possui tela de 6,7 polegadas constituída em AMOLED Dinâmico 2X, com taxa de atualização de 120 Hz, que garante mais fluidez em games, vídeos e animações gráficas de sistema.

Já o display externo conta painel Super AMOLED de 1,9 polegada e resolução de 300 x 112 pixels. Nele, são exibidas notificações e alguns controles rápidos. O armazenamento é de 256 GB. O sistema fotográfico se divide da seguinte forma: câmera principal e ultra wide com 12 MP cada e câmera frontal de 10 MP.

A memória RAM é de 8 GB e, caso o usuário não precise de muito espaço de armazenamento, há também a opção de 128 GB disponível por preços mais em conta. No Brasil, são oferecidas quatro opções de cores: creme, verde, violeta e preto.

Fonte: TechTudo

CATEGORIAS