VÍDEO: Tratador morre atacado por tigre ao tentar acariciá-lo quando o felino comia em fazenda

VÍDEO: Tratador morre atacado por tigre ao tentar acariciá-lo quando o felino comia em fazenda
Compartilhe

Um tratador morreu na semana passada depois de enfiar um dos braços por uma cerca de arame para acariciar um tigre-de-bengala, que reagiu violentamente.

O homem chamou o grande felino, que estava ao fundo do seu recinto, durante a hora da alimentação, em uma fazenda em Periban (Michoacán, México).

“Quem te ama? Vem aqui, meu garatotinho”, disse ele.

Quando ele começou a acariciar o pescoço do tigre, o humor do animal mudou de repente e afundou os dentes na mão direita do guardião.

O funcionário do zoológico, de 23 anos, chamado José de Jesus, gritou de agonia quando o predador usou suas garras e sua potente mandíbula para puxá-lo para mais perto da cerca. Mais tarde, uma enorme poça de sangue foi filmada no chão do lado de fora do recinto.

José foi levado às pressas para um hospital próximo, mas não permitiu que os médicos amputassem a sua mão ferida.

VÍDEO ABAIXO (IMAGENS FORTES):

Os médicos disseram à mídia local que as complicações começaram após a recusa e que José – que era diabético – morreu de um ataque cardíaco fulminante, contou o site “Infobae”.

O proprietário do rancho, que também tem um leão e um crocodilo, divulgou as imagens para mostrar que o trabalhador era o culpado pelo ataque. Ele disse que pagou as contas médicas da vítima. A família concordou que José errou ao tentar acariciar o animal.

O fazendeiro disse ter documentos que regularizam os animais. Porém, em 29 de abril, a Câmara dos Deputados do México aprovou uma lei que proíbe a posse de grandes felinos e outros animais silvestres como pets.

Fonte: Page Not Found

CATEGORIAS