Onda de calor deixa 25 mortos em um dia no Canadá

Onda de calor deixa 25 mortos em um dia no Canadá
Foto: Jennifer Gauthier/Reuters
Compartilhe

As autoridades da cidade de Burnaby, na região metropolitana de Vancouver, anunciaram nesta terça-feira (29) que ao menos 25 moradores morreram de forma súbita apenas nas últimas 24 horas. As mortes podem estar ligadas com a forte onda de calor que vem atingindo a região.

“Embora estejam ainda sob investigação, acreditamos que o calor seja um fator que contribui para a maioria das mortes”, escreveu a polícia local em nota. “Muitos dos falecidos são idosos.”

O número de mortos pode ser ainda maior na região, segundo reportagem da rádio CKNW, que informou ao menos 48 atendimentos da polícia de Surrey – cidade vizinha a Burnaby – para casos de morte súbita entre segunda e terça-feira.

“Vejam como estão os seus vizinhos, os membros da sua família, os idosos que você talvez conheça”, disse em um comunicado o oficial Mike Kalanj, da Polícia Montada do Canadá.

Recorde de temperaturas

O recorde de temperatura já registrada na história do Canadá não durou 24 horas e já foi renovado: termômetros marcaram 47,5°C na pequena cidade de Lytton, na província da Columbia Britânica, na segunda-feira (28). É quase um grau centígrado a mais do que o registrado no domingo na mesma cidade.

Para se ter uma ideia, esse valor está quase 3°C acima do recorde histórico de calor no Brasil, que é 44,7°C. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), essa marca foi atingida em Bom Jesus do Piauí em novembro de 2005.

Fonte: G1

CATEGORIAS
TAGS