EUA “não toleram” intervenções eleitorais, diz Biden a Bolsonaro

EUA “não toleram” intervenções eleitorais, diz Biden a Bolsonaro
Foto: Alan Santos/PR
Compartilhe

A porta-voz do departamento de Estado dos EUA, Kristina Rosales, compartilhou nessa sexta-feira (10.jun.2022) algumas falas entre o presidente dos EUA, Joe Biden, e Jair Bolsonaro (PL) durante a conversa bilateral na Cúpula das Américas.

Segundo ela, Biden disse a Bolsonaro que “os Estados Unidos não toleram, não aceitam intervenção no sistema eleitoral em nenhum lugar”. E que o presidente dos EUA também afirmou que confia nas instituições eleitorais brasileiras e espera que o resultado obtido com esse sistema seja respeitado.

“A gente entende muito bem que há eleições no Brasil em outubro, nos próximos meses. Entendemos muito a preocupação do povo brasileiro com esse tema. Tanto que na reunião, o próprio presidente Bolsonaro falou que ele respeita a democracia, que vai respeitar o resultado. A gente vai levar a sério essa declaração que foi feita pelo presidente Bolsonaro ontem”, afirmou Rosales.

Segundo a porta-voz, Bolsonaro teria dado a seguinte resposta a Biden: “Tenho certeza que serão realizadas [as eleições] neste estilo democrático. Cheguei pela democracia e tenho certeza que quando deixar o governo, também será de forma democrática”.

Para ela, os americanos tomaram essa última declaração como um compromisso de Bolsonaro. “A gente, obviamente, leva a sério as palavras que saem da boca do presidente”, disse Rosales.

Poder360

CATEGORIAS