RN investiga primeiro caso suspeito de hepatite aguda de causa desconhecida

RN investiga primeiro caso suspeito de hepatite aguda de causa desconhecida
Compartilhe

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) informou nesta segunda-feira (23) que investiga um caso suspeito de hepatite grave em criança no RN, provocados por agente desconhecido. O caso foi registrado em Mossoró. O paciente tem 4 meses.

O estado de saúde do bebê não foi informado pela Sesap. A situação é acompanhada pelo Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde da secretaria.

Até este domingo (22), já eram 614 casos notificados no mundo, sendo 64 deles no Brasil. Dentre os sintomas, estão dores e problemas gastrointestinais, alterações nas substâncias hepáticas e icterícia (pele e olhos amarelados).

“É importante reforçar junto à população a importância de estar atenta aos sinais como: sintomas gastrointestinais, como dor abdominal, diarreia e vômitos, e icterícia (quando a pele e a parte branca dos olhos ficam amareladas). Quando forem identificados tais sintomas, procurar imediatamente assistência médica”, reforça a Sesap.

A Organização Mundial da Saúde diz que os primeiros casos dessa hepatite misteriosa apareceram no começo de abril na Grã-Bretanha.

Fonte: g1RN

CATEGORIAS