Estudante do IFRN foi uma das 24 pessoas do mundo selecionadas para participar de acampamento da Nasa

Estudante do IFRN foi uma das 24 pessoas do mundo selecionadas para participar de acampamento da Nasa
Compartilhe

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) vem estreitando suas relações internacionais e abrindo caminhos para que estudantes ultrapassem o limite da educação brasileira. Ações sistêmicas – a exemplo de intercâmbios, orientações e parcerias entre o IFRN e instituições internacionais desenvolvidas a partir da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) – criam possibilidades para todas as pessoas envolvidas. Gabriel Teixeira, discente do Campus Parnamirim, é um dos estudantes que vivenciam a internacionalização do Instituto através de um projeto que partiu da Proex. O aluno foi um dos 24 jovens selecionados em todo o mundo para o Space Camp Nasa, acampamento científico que acontece na capital estadunidense, Washington, DC.

Seleção

O aluno – do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio e que está no 4° ano da formação – participou de um processo seletivo para conquistar a vaga na atividade. A seleção foi conduzida pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e dividida em três etapas: a primeira etapa foi a indicação de alunas e alunos por parte do corpo docente das instituições brasileiras e seus projetos de atuação na área espacial; a segunda fase, previa o envio de um vídeo gravado em língua inglesa sobre a atuação no projeto cadastrado e uma carta de recomendação, também em Inglês, escrita pelo professor orientador. A última etapa foi uma entrevista, novamente em língua inglesa, realizada com a embaixada brasileira dos Estados Unidos.

“Depois de alguns dias saiu o resultado e eu fiquei muito feliz em saber que havia sido aprovado”, afirma Gabriel. O jovem conta que seu coração ‘bateu mais rápido’ antes de verificar o resultado, mas que, com a aprovação, ficou “muito feliz, muito feliz mesmo”. Gabriel participou, ainda no Ensino Fundamental, do projeto Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT Espacial) “Augusto Severo”, parceria do IFRN com a Agência Espacial Brasileira antes de entrar no Instituto. O professor orientador do estudante, Credson Santos, afirmou que essa conquista proporcionará um crescimento pessoal importante, destacando características do jovem: “Gabriel consegue atrelar o conhecimento técnico da área espacial e das Tecnologias da Informação e Comunicação com o bom domínio da língua inglesa”, declarou. 

CVT e Space Camp Nasa

Space Camp Nasa é um acampamento de aprendizagem promovido pela agência do governo federal dos Estados Unidos responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial (National Aeronautics and Space Administration – Nasa). Além das atividades em Washington, também haverá ações na Academia Espacial Avançada, que fica no Centro Espacial e de Foguetes dos Estados Unidos, localizado em Huntsville, no estado do Alabama. 

Já o Programa de Educação Continuada do Primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT-Espacial) do Brasil, inaugurado em novembro de 2017, tem foco na aplicação de conceitos e técnicas inerentes a atividade espacial, de forma que alunos e professores, da rede pública ou privada, bem como trabalhadores locais ganhem capacitação tecnológica através da reprodução de missões espaciais e realização de outras atividades inerentes ao setor. O CVT-Espacial está instalado nas dependências do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e já atendeu mais de três mil estudantes. Suas instalações permitem a realização e planejamento de missões espaciais simuladas, construção, teste, lançamento e operação de pequenos artefatos espaciais. Além disso, inúmeras atividades educacionais podem ser executadas, tais como, competições de espaço-modelismo, de foguete-modelismo e, principalmente, cursos de capacitação, workshops e oficinas na temática espacial.

CATEGORIAS