Icônico dublador brasileiro morre de covid-19

Icônico dublador brasileiro morre de covid-19
Compartilhe

O ator e dublador Júlio Chaves morreu aos 76 anos devido a complicações da covid-19. Ele foi o Marlin, em Procurando Nemo, o Vô Max, de Ben 10, e o Arqueiro Verde, além do tio Valter na franquia Harry Potter e de ser a “voz” de Mel Gibson no Brasil. A notícia foi confirmada pelo amigo e colega de profissão Guilherme Briggs, no Twitter, nesta terça-feira (10).

“Perdemos mais um querido amigo dublador. Júlio Chaves, a eterna voz do Mel Gibson faleceu, vítima do Covid. Ele já estava internado tem alguns dias. Eu não sei mais o que dizer ou sentir, só tristeza. Descanse em paz, Julinho, muito obrigado por tanto carinho comigo sempre”, desabafou ele.

Carioca, Júlio começou a dublar na década de 1970, nos estúdios de Herbert Richers. Com o passar dos anos, e foi a voz de artistas como Mel Gibson, Andy GarciaTommy Lee JonesJeff Bridges e muitos outros.  Ele foi ainda Frank Underwood em House of Cards.

Flora Paulita também lamentou a morte do veterano. “Júlio Chaves… Tive o prazer de conhece-lo  e pude falar pessoalmente o quanto admirava o trabalho dele e como era fã de tudo que ele fazia. Meus sentimentos a toda a família e MUITA força aos colegas do Rio que estão passando por um momento tão triste!”, escreveu ela.

Fonte: Extra

CATEGORIAS