Conheça a websérie potiguar lançada com recursos de acessibilidade para audiovisual

Conheça a websérie potiguar lançada com recursos de acessibilidade para audiovisual
Compartilhe

Mês passado aconteceu o lançamento da websérie documental Arlindo Sou Eu, de direção da potiguar Camila Guerra, com o primeiro episódio “Roteiro é uma ilusão”, durante o evento de lançamento oficial do livro físico Arlindo, de Ilustralu, como parte da programação do Cuscuz HQ, na loja São Jogue, em Natal. 

A websérie
Com uma equipe formada quase 90% por pessoas LGBTQIAP+, “Arlindo Sou Eu” é uma websérie documental sobre o processo criativo da webcomic “Arlindo”, da artista potiguar Luiza de Souza, que está na internet como Ilustralu, traçando um caminho que se inicia nas origens da webcomic e suas principais referências, passando por questões que compõem a autenticidade da história e chegando em seu querido público – a comunidade arlinder.

A websérie surgiu de uma vontade de retribuir o apoio da comunidade arlinder, por parte de Luiza. A webcomic é por si só uma obra com muitas camadas que podem fomentar debates importantíssimos a respeito de questões sócio humanadas, e a websérie documental se propõe a aprofundar essas questões em episódios de eixos temáticos. O primeiro, mergulha nas origens – sentimentais e visuais – de Arlindo; o segundo, em fase de pós-produção, mergulhará em questões sobre a regionalidade da webcomic. Os demais episódios existem enquanto roteiro e foram pensados para aproximar ainda mais o público arlinder da obra. 

“Dito isso, vale ressaltar que, para nós, é extremamente importante que a websérie chegue nos mais diversos públicos de forma compreensiva. Portanto, estamos muito felizes em anunciar que, com o apoio do Cine Natal 2021, o episódio 1 de Arlindo Sou Eu pôde contar com todos os recursos de acessibilidade para audiovisual, mencionados na Instrução Normativa 116/2014 da ANCINE”, afirma Camila.

Sobre acessibilidade na ANCINEhttps://www.gov.br/ancine/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/apresentacoes/acessibilidade_salas_de_cinema.pdf

“Apesar de ser uma instrução normativa de âmbito federal e ser exclusiva da ANCINE, considero uma referência ao se pensar nas possíveis mudanças das políticas públicas do audiovisual local – municipal e estadual. Uma das coisas que busco enquanto realizadora audiovisual é alcançar diversos públicos, para além do público alvo das obras que ajudo a produzir. E dentro deles, existem pessoas que precisam de um recurso a mais para a compreensão do todo. Acredito que a inclusão começa com o exercício de se pensar a verba para os serviços de acessibilidade desde a primeira versão do orçamento geral da produção audiovisual. Às vezes, não dá para incluir todos de uma vez porque a verba é limitada, mas o exercício de incluir é válido para que, quando a verba permita bem, essa parte não seja esquecida”, explica. 

Episódio 1 – Roteiro é uma ilusão
Link com LSE: https://youtu.be/w6cjCps5x3Q
Link com Audiodescrição: https://youtu.be/8Pn0PoCJ3zc
Link com LIBRAS: https://youtu.be/afMLTWh0E_U
Sinopse do episódio 1:
De falas de passantes nas ruas da cidade ao sentimento que se deu após as eleições de 2018, surge alguém: um menino amarelo chamado Arlindo. Luiza de Souza, conhecida como Ilustralu, fala sobre as origens da webcomic Arlindo, do início do processo de criação, passando por suas vivências pessoais, principais referências do mundo dos quadrinhos e pelo ponto de maior curiosidade da história: Arlindo não tem um roteiro. 
Ficha técnica
Direção: Camila Guerra 
Roteiro: Ilustralu e Camila Guerra 
Produção: Camila Guerra e Ilustralu
Produção executiva: Camila Guerra e André Santos 
Direção de Fotografia: Ian Rassari 
Direção de arte: Luiza de Souza
Assistente de direção: André Santos 
Assistente de fotografia: Mylena Sousa 
Som direto: Ricardo Felix 
Microfonista: Letycia Miranda 
Still e Making of: Caroline Macedo 
Montagem e finalização: Pipa Dantas, edt. 
Assessoria jurídica: Débora Medeiros 
Consultoria de projeto: Taissa Reis
Apoio: Dream Donuts | Prefeitura do Município de Natal

Acessibilidade e Legenda – Episódio 1:
Tradução para Espanhol: Daniel Viotto
Tradução para Inglês: Camila Guerra
Legendagem: Camila Guerra
Legendagem para Surdos e Ensurdecidos (LSE): FilmesQueVoam
Libras: FilmesQueVoam
Audiodescrição (equipe): Thiago Cerejeira, Kely Araújo e Franklin MateusProjeto contemplado no 5º Edital de SELEÇÃO PÚBLICA Nº012/2021 – CINE NATAL 2021 – APOIO FINANCEIRO COMPLEMENTAR (Categoria Finalização II).

CATEGORIAS