Jovem pintor potiguar com paralisia cerebral sonha comprar uma cadeira motorizada para ter independência

Jovem pintor potiguar com paralisia cerebral sonha comprar uma cadeira motorizada para ter independência
Compartilhe

A paralisia cerebral não limitou o jovem Ryan Ricelle Silva, 33 anos, de Carnaúba dos Dantas (RN), a se revelar um grande artista de pintura em tela. Apenas com a cabeça e um suporte para o pincel, ele pinta lindos quadros, expressando as mais belas paisagens do Nordeste.

Mas Ryan tem um sonho para tornar sua liberdade ainda maior: ter a sua cadeira motorizada sob medida. Atualmente, a que ele usa está bem velhinha, com partes quebradas e roda saindo, tem mais de 5 anos (contando com mais 8 anos de atraso para o SUS entregar) e está pequena para ele, machucando-o muito.

Ryan caiu na sala de parto e como sua mãe estava sozinha, sem nenhum médico por perto, ele acabou ficando sem oxigênio no cérebro. Ele tem os movimentos do corpo limitados, necessita de ajuda para tudo e faz uso de fraldas. Possui também desvio na coluna, o que o leva a ter muitas dores.

Hoje, quem é seus braços e pernas é a sua irmã Thabatta Pimenta, 29 anos, primeira mulher trans a ser eleita vereadora no RN – é parlamentar em Carnaúbas dos Dantas. Ela luta pela educação inclusiva, acessibilidade e direito às pessoas com deficiência e carrega o Ryan, literalmente, nos braços para todos os lados (praia, cinema, festas) para que ele sempre se sinta parte das atividades do dia a dia.

Ryan e Thabatta perderam a mãe há poucos meses, com apenas 57 anos, vítima do Covid. Com a morte dela, a família também perdeu o BPC do Ryan, já que a Thabatta se tornou a responsável pelo irmão e segundo a instituição, o salário dela de R$ 2 mil ultrapassa a renda familiar.

Mas na casa em que vive mais três pessoas, só ela trabalha. Moram além dela e do Ryan, um irmão de 26 anos, a esposa dele de 23 e o filhinho deles de apenas 3 anos. O irmão faz bicos como pedreiro e a cunhada está desempregada.

Para ajudar a realizar o sonho de Ryan, foi iniciada uma vaquinha no site VOAA. Para doar, é só acessar.

CATEGORIAS